GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

terça-feira, 5 de junho de 2018

BEIJO

BEIJO

Este súbito silêncio
A derramar por entre a chuva
A memória do sentir
Nostalgia

Um ranger de porta entreaberta
Sombra melancolia
Uma lágrima no olhar
A intimidade segredo
A esvoaçar a borboleta
O grito e o medo
A explodir

Tudo o que não dissemos
Tudo o que deixamos por fazer
Tudo o que já esquecemos

Na memória ainda o beijo
A ilusão e o prazer
A última porta fechada
A boca beijada
De desejo
E querer
...
musa

FLOR DA VIDA

FLOR DA VIDA

Entardecia
A flor da vida
Florescia

Na sombra envaidecida
Do gozo do teu corpo
A mão macia
Faz sentir

A súplica entardecida
Na penumbra do olhar
A boca a suspirar
Desfalecia

Horas poros desflorados
A pele arrepiada
Oferecia
Aos olhos excitados
A língua assediada
Fogo acendido
Doce sentido

Essa fogueira de prazer
Ritual de sedução e loucura
Divinal altar de doçura
Oferenda em chamas a derreter
Lava incandescente
Descendente

Até ao grito de amor
Íntimo endoidecer
Surpreendente

Âmago torpor
Rubro entardecer
Nosso poente
...
musa