GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

domingo, 6 de agosto de 2017

TRANSFIGURAÇÃO

TRANSFIGURAÇÃO

O teu rosto moldado
Retorcido
O êxtase sulcado
De músculos veias nervos contorcido
De olhos fechados lábios cerrados
De tanto prazer sentido
E ao fundo um falo a latejar
Húmido a gotejar
O sémen vertido
O hirto olhar
O gozo apetecido
A fúria da excitação
A doce sensação
A terna provocação
Da boca o gemido
O pénis no vaivém da mão
E a língua a lamber
Transfigurada felação
Tão íntimo querer
Doida tortura
Chupar beber
Felácio loucura
Transfiguração
Endoidecer
Delito de imaginação
Duro a derreter
Tanto tesão
...
musa

1 comentário:

Rafalín de los Bosques disse...

Tesão sem duda...

Aprovecho la visita para invitarles a meu blogue da poesía, si gustan.
Obrigado!