GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

PASSION


Tango de sentidos
Meias palavras
Meigos gemidos
Sons abafados
Tu e eu
Os dois excitados
Perdidos
Quase no céu
Loucas carícias
Doces delícias
Sentidos
Tesão
Provocados
Essa tua mão
Rio de loucura
A boca que procura
Calor excitação
Rendidos
Gozamos
Provocamos
Preliminares
Tu a começares
Roubas o beijo
Provocas desejo
No banco de trás
Medo fugaz
Brincamos
Rimos
Amamos
Sentimos
Roupas despidas
Fluidos a escorrer
Nossas bocas fundidas
Gozamos prazer
Perdidos de orgasmos
Vibrando espasmos
Ousamos amor
Numa rapidinha
Esquecemos pudor
Frio corre a espinha
Suamos a pele
Vertemos o mel
Marquesa e o Marquês
Em insanos prazeres
Pecados dizeres
Querendo outra vez
De desejo vencidos
Ao Tango rendidos
Em loucos prazeres
Sentidos
musa

1 comentário:

Antonio Mariani disse...

Forte eccitazione nel sublime vortice dell'amore passionale.
ciao