GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

sábado, 5 de novembro de 2011

VERSO DESABROCHANDO

Há versos que ficam sempre em botão...

Sou na cama no leito aos teus pés gozo sedento
Mar imenso em meu olhar que não se sacia
Toda a fundura do desejo ledo e lento
Excitação que perdura noite e dia

Fêmea ousada faminta a precisar de sustento
O corpo em grave ânsia a pele suada e fria
E nos teus olhos esse querer opulento
Que das tuas mãos me alcança e vigia

Vontade feita das carnes do corpo lindo
Que em palavras sussurros é poesia
E em versos tesão vai descobrindo

Corpo loucura em explosão exaurindo
Trémulos os dois esgotados de amar
O cansaço como flor se vai abrindo

Lindo o verso feito de pele a desabrochar…
musa

3 comentários:

Cristal de uma mulher disse...

TUDO AQUI É BEM FEITO..PERFEITO.

UM BEIJO

MUSA RENASCENTISTA disse...

Grata pelo poético sentir em toda a nobreza do verso acasalado poema no amor à poesia...

Muito lindo seu Blog Cristal de uma mulher...

Cristal de uma mulher disse...

obrigada amiga...Olha sempre venho aqui porque vc se encontra dentro de meus bloggeres e de minha intimidade...Chegando aqui eu me sinto em casa e me dar vontade de ficar beijando suas letras e suas imagens...e olha fico mesmo muito tempo...rsrs

Um beijo e uma semana de luz e mais sensualidade

Rachel Omena