GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

TÃO SÓ UM BEIJO

Beijo com sabor a pecado
Em ardor lentidão
Beijo amargurado
Louco tesão

Esconde a boca loucura
Em tão grata insanidade
Vibrante doce tremura
Bailado sensualidade

Beijo assim dado prazer
Tão só um beijo
Um dia há-de acontecer
Tão só por desejo

Fechas adentro teu olhar
Um beijo de olhos fechados
Encosta os lábios
Deixa-me beijar
Todos os teus pecados

musa

1 comentário:

antónio JOSÉ LEITE DE MAGALHÃES disse...


SEXAGENÁRIA

Dizem estou Avó
sou feliz dentro dos limites
da nossa idade
horizonte
do conformismo
calçar pantufas
ou
ainda a sexagenária
trabalha luta pela sobrevivência
escrava da sua solidão
Marido fugiu filhos cresceram
e ela ficou em sua casa
a da solidão de si
Já não pensava nem queria
mesmo odiava
outro marido um bastou
para sofrer
E o milagre da vida voltou
estendemos as mãos
criámos a intimidade
o nosso cantinho
nos vimos
sentimos
e em voluptuosas
cenas encontrámos
nossas verdades
chegando ao espasmo
já tão longínquo
e estava ali
nas nossas mãos..
HOUVE AMOR