GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

quinta-feira, 28 de abril de 2016

LOUCURA DE FOGO


Queima
A língua viva em fogo ateado
Braseiro húmido de prazer
Atrevida num beijo molhado
Deixa a boca louca a arder
Apetecível desejo pecado
Boca sensualidade algemada


Fogo dos infernos em sentir
Preso gozo emudecido cadeado
A língua em fogo queimada
A mais ardente trémula loucura
Beijo a beijo num quase vir
Dança da língua em tortura
Apetece sentir


Gosto sabor travo sensação
Vontade de beijar sem parar
Caminho êxtase excitação
Apetece gemer gritar
Um sussurro ao ouvido
Queima de sentido
O teu olhar


Morde o lábio o tesão
Chama delirante
Apetece gritar
Inebriante doçura
Gozação ofegante
Dócil tremura
Emocionante


Loucura de fogo
Escaldante
Dominador
Teu querer
O jogo o beijo
De amor
De prazer
Desejo
musa

2 comentários:

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

Delícia de poema... uma verdadeira loucura!!!
Beijos Musa!!!

MUSA RENASCENTISTA disse...

Grata em poesia

Um beijo da musa :)