GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

LUA IMPULSIVA


Não te esperava
Andando de quarto em quarto
A escuridão iluminada
Na claridade impulsiva
Essa vontade primitiva
Na praia abandonada
Clara luz das sombras sobre o mar
Rodeava as trevas do leito esparto
Nas areias humedecidas do naufragar
Dos sentidos à sumptuosidade do sentir
Rumo à escalada sem pedir
Quase nada

Era em sombra profusão
Em desassossegado tesão
No rumo dos teus lábios loucura
A boca imperfeita que procura
O sol dos meus sentidos
A minha pele desinquieta
Na lascívia secreta
Do poema que me deste
E em palavras me fizeste
Prazo mistério sedução
Musicalidade paixão
Ternura agreste
Doido prazer
Jazz poesia
Tua autoria
Meu ser
musa

2 comentários:

EU disse...

Estive a ler algumas poesias. Adorei!
Como faço para seguir este teu blogue?

Bjos :) :)

EU disse...

Já me apareceu a barra, já fico a seguir...