GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

sábado, 20 de setembro de 2014

QUERO TE

QUERO TE

"Se visses o estado em que acordei..."

Sinto te

Neste mundo de gozo e excitação
Sentes além sentir espiritual
Na pele das palavras a sedução
A intensidade do desejo carnal
Esta loucura de querer descomunal
Quase amor quase sentir quase paixão
Profundo desespero de te ter
No âmago inferno do tesão
Onde desassossega prazer
Na mais doce sensação
Cúmplice abraço em sintonia
O cheiro a cio da tua mão
Provocando tórrida euforia
Do sossego ao êxtase sentido
O mesmo caminho seguido
Da boca o beijo em poesia
Húmido quente passional
Murmurado gemido
Intencional
Desferido
Em golpes de língua deslizante
Na fenda acesa de luxúria ardente
Em fenomenal gozo de amante
Que corpo e alma consente
Assim querendo
Nos teus braços morrendo
De vontade nascente
De desejo gemendo
Ardentemente
...

musa

1 comentário:

Orlando N. disse...

Que poema...como transmite a loucura dos sentidos...o desejo. Intenso e excitante...Muito. Delicioso inicio de domingo. Um beijo, Musa, inspirou-me