GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

segunda-feira, 9 de junho de 2014

PRAZER DOR EM DÓ MAIOR

Amo-te. Quero-te. Imagino-te e toco-me para ti. Desejo-te aqui, fechando os olhos e procurando aliviar a tesão com um orgasmo... Vou-me vir para ti! Ganhaste mais um orgasmo meu em tua homenagem. Amo-te!

Segredo ao teu ouvido os espasmos latejantes do roçar do teu falo nas arestas escaldantes das minhas grutas onde rios de humidades escorrem da tua boca e mão e é no teu olhar que eu penetro bem fundo fazendo te gemer de saudade... E deixo na tua memória o prazer aceso de um sussurro... 
Quero mais...

Travos de gozo num céu de beijos
Onde as estrelas sabem ao teu húmido amor
Canticos a gemer em decibeis desejos
Na pauta do sentir em dó maior
Na profundidade latente de sentidos tardios
Na serenidade da ousadia pudor
Escorre pelos cantos da boca água de dois rios
No leito amansado de tão sensual amor
O sal doce de adormecido vulcão
Em gelo fogo excitação
Sente o calor

A pele húmida suada
Transpira versos de orgasmos temperados
Em prazer dor provocada
Os dedos entrelaçados acariciam suplicas ternura
Arrebatam dos sulcos poros humidade loucura
Entoando coros em murmurios sussurros gemidos
Bradam na cadencia os sentidos
Gume afiado de laminas de punhais
Prolongado sim
Quero mais

E mais e mais e outra vez sem fim
Em multiplicado sentir
De tanto se vir
O corpo inteiro divide-se imperfeito
Arfa de tesão no palpitar do peito
Ganha-lhe o jeito
Partilha a vontade
Duplica a saudade
Ama em dó maior dor prazer
Na pauta da boca a endoidecer
As notas musicais
Quero mais e mais
...

musa

7 comentários:

Anónimo disse...

Deste gostei! J.

Anónimo disse...

Quero.

ana barbara santo antonio disse...

... quem és...

joao qarlos disse...

J.

Anónimo disse...

Gostei do poema...e da foto...

MUSA RENASCENTISTA disse...

J. ...o homem do mar... que não quer esquecer em minhas águas navegar...
?

Miguel Sousa disse...

Fantástico