GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

domingo, 25 de março de 2012

DESLUMBRAMENTO

Madressilvas perfumando
Cálice aberto exalando
Odor de fêmea cio
Rio derramando
Cheiro tesão
Calafrio
Emoção

Nervos contraídos excitação
Prolongado deslumbramento
Em doce humidificação
Ténue consentimento
Doida sensação
Fingimento
Sudação

Pele plácida transbordante
Desejos aflorando deslumbrar
Fazem-se caricias amante
Molhada pele a brilhar
De cansaços e fluídos
Nidificação extasiante
De todos os sentidos

Contorção de prazer
Dança de gemidos
Tudo podem satisfazer
Lábios consentidos
Bruto comprazer
Orgasmos tidos
De endoidecer
Nervos contraídos
De novo a querer
Serem vividos
Dócil apetecer
Vorazes libidos
Fome de sentidos
Descontraídos

Provocas em mim selvagem
Exuberante floração
Em luxuria viagem
Rumo à excitação
Madressilva silvestre
Desse teu gosto agreste
Loucura tentação
musa

2 comentários:

Anónimo disse...

hummm o teu corpo tremulo,
vendo a tua pele de galinha
o teu suor a correr por cada poro
das tuas curvas....
o teu cheiro a perfumar a sala
fatias

MUSA RENASCENTISTA disse...

o teu sentir... sempre os sentidos acima de todas as palavras que nomeias sensual erotismo da pele...

beijo de fogo

musa