GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

sábado, 24 de maio de 2014

SUSPIROS QUEIXAS E LAMENTOS

Escorre ainda leitoso pelo canto da tua boca
O riso delével olhar embebecido de suspiros
A habilidade da tua mão deixando-me louca
Bordando monte de Vénus a ponto de delirios

Ainda envolta na seda crua negra do Japão
Ouves murmurios sussurros doces queixas
Rubra cor das cerejeiras lábios de gueixas
A pele de ébano em tonalidade excitação

E são tão doces os teus sentidos perdidos beijos
Em ternura sensualidade de todos os lamentos
Melodia de aves em caricias de mel loucura desejos

Tomba no chão do teu colo a fantasia imaculada nudez
Despindo de pudor vontades na intimidade de momentos
Mostrando ao mundo versos de pele em poesia timidez
...

musa

2 comentários:

EU disse...

Já há muito que queria demorar-me por aqui. Gosto mais de vir aos blogues...
Inesgotável inspiração,
versos de pura sedução.
Arte de corpo...

Um prazer (no duplo sentido)

:) :)
Bjo

MUSA RENASCENTISTA disse...

Obrigada Odete... gratas as tuas palavras sempre... uma musa da poesia... Beijos mil...