GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

CIO CHEIRO

que sabes tu do meu cio
onde tem cheiro doce
meu rio
fazes correr
como se fosse
nascente


tens meu cheiro agreste
morno sol poente
vibrando teu gosto 
do livro que leste
provaste fino mosto
do cálice aberto
à tua boca desejo
começaste num beijo
húmido secreto
néctar perfume
sedoso fendido
teu olfacto ciume
do corpo sentido
meu cheiro a cio
a ti rendido
fazes de mim correr
como se fosse um rio
nas tuas mãos humedecer


que sabes do meu cio
nas narinas entranhado
tens me o cheiro por um fio
quase todo emaranhado


cio que aspiras 
transpiras
gozas
provocas
deliras
tocas
...
musa

2 comentários:

fido disse...

Belíssimo...cru....vasodilatador
joe bernardo

Dayse Sene disse...

Tive o prazer de me deliciar com as suas poesias. Lindas, sensuais.
Adoro.
Parabéns.