GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

MULHER RIO

sou mulher carente
rompo a pele
na minha mão
germinar semente
sou alma cansada
doce fel excitação
sou mulher diferente
mal amada
poesia
vibro sedução
dócil alucinada
fantasia

no meu dorso cresce
árvore dos sentidos
querer amanhece
dos desejos tidos
ai se eu pudesse
ter um falo
em minha alma
palavras cantadas
eu calo em desvario
ai se eu tivesse
corpo margens
por ti galgadas
em fúria pranto
desse inominado rio
a voz te canto
corpo alma
mulher carente
vivo em ti
arborizada
rio a correr
sou-te semente
quando me toco
de gosto prazer
já mar me senti
desejo louco
aromatizada
deixo acontecer
pois em ti
já me perdi
abandonada
...
musa


1 comentário:

fido disse...

Sofrimento de quem mal amada é....
joe bernardo