GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

NA BOCA DO LOBO

As pernas abertas em pose delirante
Na boca do lobo terna excitação
Escorre deleite néctar vibrante
Sorves agitado tórrida paixão
Fogo explosivo macho amante

Marcando território provocado
Suaves lambidas a cada instante
És o meu lobo esfomeado
Investida apaixonante
De impulsos ritmados
Boca e dedos gozados

Convulsão de espasmos em cio
Lambendo lábios rosados
Puxas tesão fio a fio
Em doce gemer
Louco prazer
Intenso querer
Quase fugidio
Na tua boca
A lamber
Meu rio
musa

2 comentários:

Lord disse...

oh... Quão seria belo poder "remar" e com autoridade poder ancorar em teu "rio" de margens rosadas...

MUSA RENASCENTISTA disse...

Fascinação pelo proibido... galgando margens de um leito por descobrir...