GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

sábado, 18 de junho de 2011

SENTIR

Há uma prece entre os dedos
Preso em nervuras de pele
Doces momentos segredos
Colmeia esconde doce mel
Tentação gozo provocado
Dedo a dedo penetrado
Suavemente deslizar
Falo ausente imaginado
Dedos da mão acariciar
Ritmo intenso explosão
Amaina louco tesão
Breve terno amar
Inebriante sentir
Esse gozo a vir
Quase sem pedir
Mão pode alcançar
musa

1 comentário:

O Santo Diabinho disse...

Musa

Delicioso cantinho.
Adorei perder-me nas tuas palavras de desejo e tentação.

Sigo-te e voltarei a cada novo post.
;)

Bjs