GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

sábado, 29 de janeiro de 2011

NINHO TESÃO

Que importa onde teu corpo me ama
Nu selvagem em demorado prazer
Se me possuis no chão ou na cama
Tal é a intensidade do teu querer

Provocas e dominas indómito consentido
E meu corpo amansas qual fêmea em cio
O teu cheio de vontades fraco combalido
Meu doce pequeno ribeiro a querer ser rio

Nas mãos me tomas como a água escorrendo
Da minha pele te sacias em desesperada sede
Bebes meu suor em valados sulcos tremendo
No meio das tuas pernas esse rio se excede

Abafas boca pelos gritos em doidos gemidos
Penetras a alma com teu mastro pulsante
No lugar secreto nos damos como perdidos
Nesse chão improviso me faço tua amante

Sofregamente me entrego em silêncio amor
Ao nosso segredo por nós dois compartido
Dois corpos nus fundidos em frio e calor
Em puro tesão de prazer e paixão sentido
musa

1 comentário:

NunoG disse...

bravo!!!! vontades doces...