GRÃO DE MALÍCIA

A minha foto
Miramar, Norte, Portugal
GRÃO DE MALÍCIA … poemas escritos de desejos e divagações... onde está a poetisa... que vai escrever os poemas memórias de sentidos tidos… onde está a poetisa...que escreve poemas, nua ao pé da cama, que os interrompe para beber inspiração? … sou apenas quem está mesmo por detrás de ti... com a boca colada ao teu ouvido, segredando-te pequenas coisas que tu sentes...de olhos fechados. ana barbara sanantonio

domingo, 29 de maio de 2011

PELE NAUFRAGA


Morro no desejo
Todas as fomes
Naufraga pele
Os sentires

Sobre areia húmida
Rompo hímen
Espuma vaga
Gozo tido

Naufrágio sentido
Pele ardente
Consumida
Inquieta
Perdida
Desperta
Vida

Sacio na água cio
Dedos ondas tesão
Vibro suave deliro
Entrego-me ao mar
Às vagas ondas
Deixo-me gozar
Nele afundar
Masturbação
Tempero
Inquieto
Perdido
Desperto
Prazer

Sal da vida
A sós
musa

3 comentários:

Ipnauj disse...

La humedad siempre nos trae buenas noticias.

Un gran saludo.

Nilson Barcelli disse...

Belas palavras, muito sensuais...

MUSA RENASCENTISTA disse...

Grata em poesia no prelo sensual dos sentidos penhoro vossas palavras...

beijos

Belo Blog... Nilson